Arroz doce brulée

8 julho, 2016 Lanches Tags:, , , 3 Comentários

arroz-doce-brulee

Arroz doce é aquela fatídica comida pesada demais pra ser sobremesa, e leve demais pra ser prato principal. Daquelas coisas que a sua avó te chama pra comer na casa dela – na mesma lista da canjica e da temida noite de caldos sem pão.  Coincidência ou não, são coisas boas pro friozinho, e talvez por isso caíram nas graças da festa junina.

Então, querida amiga, não caia no meu erro de servir isso de sobremesa, a não ser que você esteja treinando para lutar sumô. Não é porque é doce que deixa de ser arroz ;-)

Claro que tem o lado bom dessa comidinha: impressiona. Principalmente se você tiver um maçarico pra queimar o açúcar com sua chama gourmetizadora. O que não deixa de tornar o prato muito mais interessante que o de antigamente.

1l de leite integral
1 xícara de açúcar cristal + 2 colheres para polvilhar
1 xícara de arroz arbóreo
casca de 1 laranja madura + 1 colher café de raspas
1 pau de canela
1 fava de baunilha
4 pauzinhos de cravo
150ml de creme de leite fresco

Dá pra 6 comerem

Aqueça o leite com o açúcar, a casca da laranja, a baunilha, a canela e o cravo. Fique de olho, porque quando levantar fervura – e isso sobe muito rápido – você desliga o fogo e deixa.

Ao mesmo tempo, coloque o arroz para ferver com 200ml de água, mexendo de vez em quando. Em teoria, você está simulando um risoto, só que ao invés do caldo vai vir esse leite doce e aromático.

Mexendo o arroz sempre, vá acrescentando 1/3 do leite de cada vez à medida que a vez anterior for secando. Espera-se que o seu arroz cozinhe e adquira uma consistência cremosa ao final deste processo. Quando o arroz secar pela última vez, mas ainda estiver cremoso, desligue o fogo e acrescente o creme de leite e as raspas de laranja. Misture bem para incorporar, e teste o sabor. Há tarados que gostam de colocar leite condensado aqui também. Cada doido com a sua loucura. Coloque para esfriar, se quiser, já nas tigelinhas de servir.

Aliás, é bom que essas tigelinhas sejam daquelas que vão pro forno, para aguentar o calor do seu maçarico. Polvilhe uma camada fina de açúcar por cima e queime com carinho para formar aquela crosta linda. Não-maçarico? Não-problemas. Aqueça uma colher de metal no fogo e passe as costas dela no açúcar, vai dar um efeito muito parecido.

Cante “pula-fogueira iaiá” na hora de servir, e tenha uma ótima festa junina!

Ah, e sim, tem arroz doce debaixo dessa crostinha maravilhosa:

arroz-doce-brulee-2

3 Comentários

  1. admin em abril 8, 2017 diz:

    Adorei a receita, obrigado por compartilhar na Internet.

    O doce parece super cremoso, pedirei pra minha esposa fazer :D

    Responder
  2. admin em junho 26, 2017 diz:

    Só de olhar as fotos já da vontade de comer rs Já vou aproveitar e levar na festa junina do próximo final de semana, todos vão amar. Obrigado por dividir. bjuss

    Responder

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Switch to desktop version