Massas

Receitas pra quem sabe que, pra aproveitar, é preciso botar a mão na massa.

Ravioli fresco de brie e geléia de jabuticaba

23 janeiro, 2013 Massas Tags:, , , , , , 5 Comentários
[post comemorativo: 4 anos de blog]!

ravioli de brie e jabuticaba

Na vida da gente, a comida não é sempre uma necessidade. Às vezes é um rito, um marco, um símbolo para um acontecimento marcante. Foi o caso desta massa, que resolvi utilizar como argumento para uma proposta, no mínimo, indecente: se casar comigo. Precisa dizer mais?

200g de geléia de jabuticaba
300g de massa fresca (veja como fazê-la)
200g de queijo brie
4 colheres sopa de azeite extra-virgem

dá pra 2 pessoas

Atenção com os ingredientes desta receita: geléia de jabuticaba não se encontra em qualquer lugar, e é necessário garantir que ela seja de boa qualidade. O mesmo vale para a massa, que no meu caso foi feita com ovos caipiras e uma proporção de 1 ovo + 1 gema para cada 100g de farinha.

Isto posto, digo que basta abrir a massa com carinho, recheá-la com um quadradinho de brie e uma colher de chá de geléia, fechá-la com ainda mais carinho, polvilhar com farinha de trigo e levar ao freezer. Isso mesmo, ao freezer! Isso vai fazer a massa endurecer e diminuir as chances que ela se desfaça no cozimento. Acho que uns 10 minutinhos são suficientes.

Ferva uma grande quantidade de água com bastante sal, e adicione os raviólis para cozinhar por cerca de 3 minutos – rápido que nem miojo. Em uma frigideira larga e antiaderente, aqueça o azeite. Ao retirar os raviólis da água, escorra-os, e passe pelo azeite por mais um minutinho, para fritar a massa por fora bem de leve, dando um gostinho extra. Não precisa de molho, não precisa de mais nada.

Se aprendi alguma coisa com o Jogo de Panelas, é que a melhor comida não é o melhor sabor, mas sim o melhor ambiente, com as melhores companhias. Então não exagero em dizer: esta foi a melhor coisa que Eu Já Comi.

pedido de casamento

Fettuccine com salmão

29 novembro, 2012 Massas, Muito fácil, Peixes Tags:, , , , 2 Comentários

Inspirado em receita do livro Jamie Oliver – Chef sem mistérios

Será que eu estou viciado em macarrão? Claro que sim. Já faço essa receita há alguns anos, e sempre é um sucesso. Só que nunca havia postado aqui antes, não me pergunte o por quê. Tenho tara com ela: o salmão é a picanha do mar, não é mesmo? É só entrar com alguns ingredientes a mais e ele ganha uma vida toda nova junto do macarrão. Olha só:

300g de fettuccine
200g de filé de salmão sem pele
100g de tomates secos, picados grosseiramente
100g de azeitonas pretas fatiadas e sem caroço
1 punhado de salsinha, picada pequena
100ml de vinho branco seco
3 dentes de alho
Sal e pimenta do reino
Azeite extra-virgem

Dá para 2 pessoas

Comece colocando a água com bastante sal para ferver, que é aquela do macarrão de sempre. Enquanto isso,  corte o salmão em cubos de +- 3cm. Tempere-os com sal e pimenta do reino. Aqueça bem uma frigideira antiaderente (não queremos que essa belezura fique toda grudada no fundo, não é mesmo?) e frite o salmão por cerca de 3 minutos, até que fique quase no ponto de servir. Acrescente o alho picado em lâminas. Se você gosta de alho, pode exagerar, porque vai muito bem neste prato. Não deixe o alho dourar muito. Acrescente os tomates secos e as azeitonas pretas, dê aquela misturadinha safada e acrescente o vinho branco, tampando a sua panela e deixando cozinhar por 5 minutos.

Claro que enquanto isso você já fez o macarrão e ele ficou pronto magicamente. Sendo assim, arrede (em bom mineirês) o salmão com sua turma para o lado da frigideira e inclua o fettuccine na festa. Misture tudo com gentileza, desligue o fogo e acrescente a salsinha picada, que vai dar todo um novo frescor, e uma boa dose extra de azeite. Se for o caso, finalize com mais uma pimentinha do reino. Pronto! É o seu novo clássico entrando em campo.

Switch to desktop version