Novidades

Novidades para evitar que a hora de comer caia na rotina.

Os 8 melhores Kibes de BH

11 novembro, 2016 Novidades 10 Comentários

É, meus amigos… nem mortadela, nem coxinha. Como diria o colega Antônio Tabet, do Kibe Loco, “a verdade é ácida e o kibe é cru”! Mas vamos fazer deste limão uma limonada, porque goste você do Kibe ou não, ele foi o escolhido de hoje. Não por todos, sequer pela maioria, se você levar em conta que a maioria preferiu não fazer escolha nenhuma. Mas dentre as opções, é o que temos para hoje.

Qualquer semelhança com as eleições de Belo Horizonte não é mera coincidência ;-)

Na verdade, eu gosto muito de kibe, quando ele é bem feitinho. Frito na hora, às vezes até com um recheio cremoso… é sempre o caso de espremer uma quantidade generosa de limão e mandar pra dentro com aquela cervejinha gelada, ou mesmo com o “refrigerante de cola dissolve-tudo” do dia a dia.

Então dê uma olhada nessa listinha que eu montei onde você poderá degustar essa iguaria em Belo Horizonte:

 

Vila Árabe

fachada vila arabe kibe vila arabe

Vamos abrir com a high society arabesque. Você sabe que tem o Empório Vila Árabe espalhado pela cidade inteira, mas eu tou falando é da nave-mãe, que fica ali na r. Pernambuco, no miolinho da Savassi. Um buffet livre que não custa nada barato, mas que entrega o que promete: uma variedade incrível de pratos àrabes… ou nem tanto. Mas o kibe está lá, inclusive o cru.

r. Pernambuco, 781 – Funcionários
Site para saber mais

 

Samyr comida árabe

Escondidinho no Santê, o Samyr preserva uma receita de família de algumas de suas iguarias árabes. Tem kibe pequeno e grande, ambos sempre bem recomendados. Funciona na garagem da casa dele, e dá pra ver o mito cozinhando lá dentro de casa!

Rua Paraisópolis, 802 – Santa Tereza
Facebook para saber mais

 

Tenda do Sheik

kibe tenda do sheik

No calçadão do Anchieta, já se estabeleceu tradicionalmente a Tenda. E rola de tudo – chopp, pizza, congelados… mas o kibe mesmo é o clássico.

Avenida Francisco Deslandes, 871 – Anchieta
Site para saber mais

 

Beirute

Taí outro que entra no mérito dos congelados, dos sanduíches (sim o beirute é uma delícia) mas que tem mais um kibe de respeito pra compor a nossa lista. Naquela badalação da Prudente, uma portinha cheia de delícias pra comer ou só pegar pra devorar em casa.

Av. Prudente de Moraes,  600 – Cidade Jardim

 

Empório Sírio-Libanês

kibe-emporio

Essa foto do kibe com requeijão é uma indecência. E o kibe também. Pra você que tá do lado de cá da Contorno, essa é a parada mais tradicional dos narizinhos comedores de kibe.

av. do Contorno, 1722 – Floresta
Site para saber mais

 

Ali Ba Bar

ali-ba-bar

Ele já figurou ilustremente na minha lista de melhores feijoadas de sexta, e agora também passa por aqui. Não tem lista que caiba a Xuranha, também popular por lá… mas faça-se justiça que rola um kibinho mara.

r. Matias Cardoso, 345 – Santo Agostinho
Facebook para saber mais

 

Coisas d’Hana

Tá a fim de um mercado-central feeling? Lá tem essa birosca deliciosa, ali pela entrada da r. Curitiba fica mais fácil de chegar. Rola até de compras umas especiarias, se você é daqueles. Ou pelo menos de comer as iguarias da dona Hana.

Mercado Central – av. Augusto de Lima, 744 – Loja 33 – Centro
Facebook para saber mais

 

Niha El Chaouf

kibe-niha

Era até pouco a delícia escondida no bairro Caiçara. Agora, resolveu mudar de esconderijo e pulou para o Sion, que no momento em que escrevo ainda está em reforma, mas deve reabrir logo-logo. Tem os tesões máximos, que são coalhada e a carne à moda Niha, mas o kibe é de respeito também e vale nossa menção.

r. Grão Mogol, 918 – Sion
Facebook para saber mais

E aí? Aposto que você tem outro kibe que eu não falar pra enfiar aqui na minha lista… então se adianta aí meu bom, coloca sua sugestão aí nos comentários!

 

Com fotos retiradas dos sites ou páginas de facebook dos estabelecimentos.

Olga Nur renova cardápio assinado pelo chef Rodrigo Viana

2 setembro, 2016 Novidades 0 Comentários

Sem dúvidas, o Olga Nur nasceu para ser um dos grandes templos da alta gastronomia em Belo Horizonte. Tanto é que eu já estive lá por várias vezes, e escrevi sobre ele aqui, e aqui. Então, quando me convidaram para conhecer o cardápio novo, não pensei nem meia vez, já-tô-ino!

 

Começamos com um drink do mito Felipe Brasil, o cara que raspa gelo na faca como ninguém. Esse é o Passion Vanilla:

olga-nur-drink

Creme de Abóbora e defumado de páprica

Uma abertura de clima frio e coração quente.

olga-nur-6

Montadito de filé

Destaque para o ovinho de codorna frito por cima da guacamole. Originalmente, esse prato vem em porções pequenas para petiscar – nós fomos servidos mais no modelo coquetel. Essa pegada mexicana foi, na verdade, um prenúncio para a volta ao mundo que estaria por vir.

olga-nur-5

Filé Thay com arroz de leite de coco e vegetais

Aqui é onde o Rodrigo começou a ousadia e alegria. Desde o detalhe do lindo vasilhame até aquele arroz de leite de coco excelente para a combinação… jogou muito. E o tempero Thay estava lá :-)

olga-nur-2

Camarões e aspargos com fettuccine ao creme

O meu destaque da noite – a gente sempre gosta de falar “olha o tamanho desse camarão” quando gosta do que vê. Uma massa incrível, com raspas de limão siciliano levemente adocicadas que levaram o prato para um nível Jedi.

olga-nur-3

Polvo à espanhola

Outra delícia de petisco, este bem apimentado – fica o aviso para quem não curte pimenta pedir antes para maneirar. Para mim, a pimenta estava perfeita, tenho que dizer.

olga-nur-4

Torta mousse de chocolate com calda suave de maracujá

Eu não sou um doceiro de primeira linha, então nada me deslumbra, embora essa receita leve ingredientes sofisticados como chocolate Callebaut. Mas fechou com charme.

olga-nur-1

 

O Olga Nur não deixou de ser aquele lugar charmoso e sofisticado que você leva aquela pessoa especial para ser impressionada, toma um drink ou um vinho e vê os carros passando do alto da sua elegância. Mas posso dizer após esse novo cardápio que conseguiu apresentar agradáveis surpresas, e uma viagem de variados sabores que você não faria na maioria dos restaurantes na cidade.

Destaque também para o serviço de alto padrão – isso é algo raro em BH hoje em dia. Sem falar na simpatia do Tizé, que tá sempre de bem com a vida. Fica a dica para você, que tem uma data especial, ou que se acha especial e quer se presentear, ir lá dar uma voltinha nos sabores do mundo.

 

Olga Nur
r. Curitiba, 2202 – Lourdes, Belo Horizonte MG
31 3566 1851

Galinhada de terça na Borracharia Gastropub

13 julho, 2016 Comi fora, Novidades Tags:, 0 Comentários

Aviso aos navegantes: na terceira terça feira do mês – quer dizer, se você está lendo isso no dia que eu postei, é terça que vem ;-) tem galinhada na Borracharia Gastropub, pra mim um dos melhores Bib Gourmand de Belo Horizonte.

E começa com uns petisquinhos deliciosos: queijo frito, chips de mandioca, linguiça caseira e aipim.

borracharia-petiscos

Depois de pedir diversas porções e tomar umas e outras, você mergulha de cabeça na galinhada do Jaime. feita com muito carinho e cuidado, que dá pra sentir no sabor. Uma escolha minuciosa de ingredientes e claro, a simpatia que é o chef Jaime Solares, contando “causos” à mesa conosco.

Inicialmente, os “sabores” oferecidos são a Galinhada tradicional, com quiabo, com taioba e com pequi. Mas a criatividade está à solta, e nada impede que chegue um Ora-pro-nóbis, serralha ou qualquer outra ideia interessante em breve!

galinhada

Obrigado pelo convite e voltarei sempre, Jaime!

 

Borracharia Gastropub
Av. Afonso Pena, 4321 – Mangabeiras, Belo Horizonte – MG
Telefone: (31) 2127-4321

Switch to desktop version