Saladas

Receitas de saladas pra manter a boa forma até na hora de comer.

Salada de peito de peru com abacaxi

15 julho, 2013 Muito fácil, Petiscos, Saladas Tags:, , , 7 Comentários

salada de peito de peru e abacaxi

Finger food é como costumam chamar a comidinha servida em potinhos pequenininhos, que a gente come na mão, com um garfinho, em bocadinhas rapidinhas. Essa salada de peito de peru com abacaxi é inspirada numa dessas entradinhas, que você come naquelas festinhas… sabe?

150g de peito de peru, picado em cubinhos
1/2 talo de salsão, fatiado fininho
2 colheres de sopa de uvas passas branquinhas
1 xícara de repolho verde picado em tirinhas fininhas
2 fatias de abacaxi em calda, picadas em cubinhos
1 colher sopa de maionese
Suco de 1/2 limão
Folhinhas de hortelã para decorar

rende 4 comidinhas

Pique todos os ingredientes e misture-os com carinho. Acrescente a maionese e suco de limão. Ajuste o sal, se achar que precisa. Escolha um potinho pequenininho e distribua suas saladinhas nele. Se você não liga para o tamanho, essa saladinha é perfeita para você!

Salada de manjericão, manga e tomates

29 maio, 2012 Muito fácil, Receitas Saudáveis, Saladas Tags:, , 7 Comentários

salada de manjericao manga e tomates

Uma bela salada não pode faltar na mesa de quem tem um pingo de respeito pelo próprio corpo. Além de usar ingredientes do dia, o meu novo truque é secar bem as folhas, com um secador – uma centrífuga na verdade – que as deixa com uma textura mais interessante, além de favorecer o uso de um molho para vestir a salada. E o manjericão… quem diria?

1/2 maço de folhas de manjericão
1 maço de folhas de agrião
1 maço de folhas de alface roxa
300g de tomates-uva, cortados ao meio
1 manga haden ou tommy madura, mas ainda firme
10 colheres de sopa de azeite extra-virgem
1 limão siciliano
1 colher de sopa de orégano
Sal e pimenta-do-reino

dá pra 6 pessoas

Se der pra secar as folhas, melhor. De toda forma rasgue-as em partes compridas, que fica mais bonito, e reserve. Corte a manga em cubos, misture-a aos tomates já cortados e reserve em outro lugar. 10 minutos antes de servir, faça as preliminares: bata com um garfo o molho de azeite, limão (suco e raspas), orégano, sal e pimenta. Misture todos os ingredientes e o molho lindamente. Se você tiver a indecência de usar as mãos para fazer isso, sua salada vai ficar ainda mais gostosa. Deixe tudo repousar para que a salada se vista de molho, e sirva com prazer.

Caesar Salad

30 agosto, 2011 Comida americana, Saladas Tags:, , , , , 4 Comentários

Uma das saladas mais tradicionais que se tem notícia é a Caesar Salad (císar sélede em desinglês). Enquanto a anchova pode parecer assustadora para alguns, eu venho dar a cara a tapa e dizer que ela dá um toque especial no molho. Molho que, aliás, é o que define a salada: alface, croutons e queijo, vestidos da maneira correta, se tornam muito mais apetitosos do que eram para ser.

1 alface americana, cortada em pedaços médios
200g de croutons (pode comprar pronto ou fazer os seus próprios no forno)
200g de parmesão ralado fresco
2 colheres sopa de mostarda de boa qualidade
4 colheres sopa de suco de limão siciliano
1 colher sopa de alcaparras
2 anchovas, inteiras
1 ovo
azeite extra-virgem
sal e pimenta-do-reino

dá para 4 pessoas

Pique a alface e espalhe numa travessa bem grande. Há uma lenda que cozinhar o ovo durante 1 minuto faz toda a diferença e, já que eu sou dos que respeitam as lendas, fiz isso (faça se acreditar). Depois desse minutinho mágico, quebre o ovo em um liquidificador ou mixer – não coloque a casca, né – e adicione a anchova, alcaparras, suco de limão, mostarda e umas 4 colheres sopa de azeite, para começar. Bata tudo até ter uma mistura homogênea. Acrescente sal e pimenta do reino à gosto e experimente. Ficou gostoso? Se sim, então pronto. Se não, então tente perceber qual ingrediente se destacou, e coloque um pouco mais de todos os outros. Não tem ingrediente estrelinha nesse molho.

Quando for a hora de servir, derrame generosamente todo o molho por sobre a alface picada, espalhe os croutons por cima e espalhe o parmesão por cima de tudo. Misture, usando as mãos de uma maneira gentil e com carinho, até que todas as folhas estejam devidamente envoltas pelo molho. Aí é só colocar na travessa que vai à mesa, finalizar com um pouco mais de parmesão ralado e… levar à mesa! E cuidado com os trocadilhos indigestos com o César. Já nos basta o Mário!

Salada Grega

17 maio, 2011 Saladas Tags:, , , , , , , , , , , , 7 Comentários

Inspirado em receita do livro “Cook with Jamie”

Comi junto com purê de baroa e galinha com sálvia

Eu precisava de uma salada nova, fresca e estonteante, e arranjei isto. Avocado – quase o mesmo que abacate – com queijo feta, um dos ingredientes mais caros que já usei. Digo que valeu a pena. A salada é exótica mas agrada a qualquer um. Alguns separam a cebola, outros, o abacate, mas o molho e a combinação de azeitonas e tomates sweet grape – outra delícia – é infalível.

1 pé de alface americana
200g de queijo de cabra (queijo feta)
1 avocado maduro (ou 1/2 abacate)
100g de azeitonas pretas, picadas, sem caroço
1 cebola roxa
200g de tomate uva (sweet grape)
Orégano
2 limões
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta-do-reino

dá para 4 comerem

Como em qualquer salada, lave tudo muito bem. Corte a alface em pedaços que caibam na boca. Corte a cebola no meio e depois em tiras o mais finas possível. Corte o avocado em cubos pequenos. Corte os tomates na metade, o que dá todo um charme. E aí é hora do molho.

Misture 4 colheres de sopa de suco de limão a umas 8 a 10 de um bom azeite, sal, pimenta-do-reino e uma colher de sopa de orégano. Bata bem com um garfo, para a mistura ficar uniforme. Misture os tomatinhos, azeitonas, cebola roxa e abacate a metade deste molho (reserve a outra metade para colocar na mesa). Deixe marinar por 5 minutos, depois delicadamente despeje esta mistura por cima das folhas de alface, já na travessa que vai à mesa. Misture com muito carinho, o que exige usar as mãos, até que o molho envolva toda a salada. Por último, pegue o queijo feta com as mãos e tente esfarelá-lo por cima de tudo. Dependendo do tipo de feta, você terá maior ou menor sucesso nesse processo. Acho melhor esfarelar do que cortar em cubos, porque assim o queijo se distribui melhor na salada. O gosto do feta faz todo o sentido neste prato, então não recomendo substituí-lo.

Misture novamente com carinho, e escolha se dá um splash de molho na salada toda, ou se deixa o molho à mesa para os mais molhadinhos. Finalize com um pouco de orégano por cima de tudo, e pronto!

Switch to desktop version