Filé com Pesto

14 junho, 2011 Carnes Tags:, , , , , 7 Comentários

Pesto é um molho clássico em minha casa. Se é que posso chamá-lo de molho. É algo provocante, intenso, que prevalece em qualquer prato. O filé acabou sendo uma desculpa para mais pesto. Evidente que nesta foto o pesto é simbólico, porque o proporcional, para mim, é o máximo de pesto possível. Mas vá lá.

1 maço de folhas de manjericão fresco
100g de parmesão ralado fresco
80g de nozes moídas
2 colheres de suco de limão
1 dente de alho
500g de filé mignon
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta-do-reino

dá pra 2 pessoas

Defolhe o manjericão e coloque-o em um almofariz com pilão. Pique o dente de alho bem pequeno e soque ambos juntos, até que as folhas se transformem numa pasta. Se tiver nozes inteiras, você pode torrá-las no azeite antes de moê-las. Também pode aqui usar pinóli (que é o correto) ou até outra castanha. Soque tudo novamente no pilão, e depois transfira para um prato fundo, que é onde a mágica acontece. Adicione um pouco de suco de limão, um pouco de parmesão, e vá misturando com carinho, até obter uma pasta consistente, que será embalsamada pelo azeite, que vem logo a seguir, em boa quantidade (pelo menos 5 colheres de sopa). O segredo é o equilíbrio entre os ingredientes, nem azedo, nem apimentado, nem sem-graça. Em verdade, o equilíbrio perfeito é o que você encontra quando achar o seu pesto incrível. Se não ficou incrível, ajuste o que lhe parecer conveniente.

Há quem prefira bater todos os ingredientes num mixer ou liquidificador e juntar o parmesão depois. Eu, como purista, prefiro o bom e velho socadinho no pilão de pedra, acho que preserva mais o sabor e fica mais rústico.

Ah é, tem a carne! Corte na altura que quiser (se há pessoas bem-passadas e mal-passadas, sugiro cortar filés em alturas diferentes, como 2cm para o primeiro e 3cm para o segundo, assim fica pronto junto). Tempere os filés com pimenta-do-reino moída na hora e sal. Coloque os filés em uma frigideira quente, com um fio de azeite. Retire quando lhe convier e deixe os filés descansar numa tábua de madeira por 5 minutos.

Descarregue o pesto sobre os filés, como um caminhão basculante. Sirva com batatas assadas, arroz ou qualquer outro carboidrato coadjuvante.

7 Comentários

  1. calebe em junho 14, 2011 diz:

    Pesto é meu molho preferido!
    Faz pra mim?
    Obrigada!

    Responder
  2. calebe em junho 28, 2011 diz:

    Fiz e é realmente delicioso! Receita q vale repetir!

    Responder
  3. calebe em outubro 17, 2011 diz:

    Nossa, deu água na boca!

    Responder
  4. calebe em maio 13, 2012 diz:

    O Molho Pesto.

    Acho que o nome é Italiano. Certo? Mas não interessa muito! O que interessa é que combinando-se ervas diversas, mais os temperos, nozes, etc, claro, com um bom azeite extra virgem, consegue-se produzir uma infinidade de tipos de molhos Pestos. Todos muito saborosos e nutritivos, que temperam inúmeros tipos de pratos. Faço-o de várias maneiras. Um dos detalhes que uso é o de colocar o alho, após fritá-lo no azeite e retirar o bagaço. Isto faz com que substâncias que amargam sejam volatilizadas.

    Responder
  5. calebe em fevereiro 12, 2015 diz:

    Oi vi seu comentário sobre as maravilhas de que este exótico tempero , que na realidade não é um tempero mas sim algo que foi masserado e composto de manjericão , parmesão , pinonni , azeite de oliva ,um pouco de sal , e toque de pimenta moida na hora , enfim te convido para estar em nosso site e ver também na nossa pagina do facebook , uma alegria saber de sua grande exaltação por este exótico molho um até breve abraçõs

    Responder

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Switch to desktop version