Moqueca de Banana da Terra

16 março, 2020 Comida brasileira, Exóticas, Receitas Saudáveis, Vegetariana Tags:, , 0 Comentários

É um dos meus pratos preferidos a tal da moqueca. Tanto é que fiz Peixada à Moda de Nova Almeida e escrevi uma deliciosa resenha sobre o Ki-Mukeka, em Salvador. Mas pouco eu havia visto sobre a tal moqueca de banana da terra. Eu estou neste momento há 15 dias sem comer carne, mas você não tem nada com isso. E me lembrei, com algum repúdio, daquela receita da Bela Gil que substituía o peixe por banana da terra. Bom, já que eu estou nessa fase, vamos aceitar, né?

Hoje não é dia de entrar na polêmica se Moqueca e Peixada são pratos baianos ou capixabas porque todo mundo sabe que Moqueca de respeito tem que levar dendê e leite de coco, coisas que os capixabas não fazem, e perdem a oportunidade de melhorar ainda mais a sua gastronomia. Mas tudo bem! Conforme prometido, eu não vou entrar em polêmica.

4 bananas da terra maduras
200ml de leite de coco
100ml de extrato de tomate
50ml de azeite de dendê
2 tomates
2 cebolas
1/2 pimentão vermelho e/ou amarelo, se possível os dois
2 dentes de alho, picadinhos
2 limões
50ml de azeite
2 colheres sopa de coentro picadinho
sal
uma bela pimenta em molho (recomendo pimenta arriba-saia para este prato)
se tiver uma panela de pedra fica maravilhoso

Dá pra 2 comerem

Corte as bananas ao meio no comprimento e depois na largura para que fique em pedaços maleáveis e generosos. Tempere com o suco de limão e o alho e reserve enquanto faz o restante.

Tanto os tomates quanto as cebolas: um deles é picado em cubinhos e outro em rodelas. Doure o tomate e cebola cortados em cubinhos no azeite por uns 5 minutos. Eu gosto de caprichar no sal já daqui, pra dar sabor na base do prato. Acrescente a banana da terra sobre essa mistura, espalhando-a por toda a superfície da panela, formando uma camada. Como se fosse um peixe mesmo, né? Acrescente em seguida o leite de coco, o extrato de tomate, a cebola em rodelas, o pimentão em rodelas e o tomate em rodelas. Tampe sua panela e deixe ferver por 15 minutos. O tempo é pouco, porque você quer a banana macia, mas ainda firme.

Desligue o foco, acrescente o dendê e o coentro por cima de tudo.

Sirva com um belíssimo arroz branco feito na hora.

Levando-se em conta que não é um peixe, é uma receita incrível, super saborosa. A melhor coisa que eu comi nos últimos 15 dias de longe. Se você já acha peixe uma coisa leve, imagine banana: dá vontade de sair voando. Vale cada garfada!

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Switch to desktop version