Risoto de carne seca e abóbora

5 julho, 2013 Carnes Tags:, , , , , 29 Comentários

risoto de carne seca e abóbora

O que varia de um risoto pro outro pode ser a diferença entre a glória e a treva. E quando você escolhe uma combinação incrível, como abóbora com carne-seca, fica um pouquinho mais perto do céu. Risoto de carne seca e abóbora é sim, um prato dos deuses. Me levaram algumas tentativas até chegar a essa maneira, que até o final das minhas tentativas foi a de maior sucesso.

1 cebola bem picada
1 talo de salsão, picado
2 dentes de alho, picados
400g de arroz arbóreo ou carnaroli
300g de alcatra ou chã de fora seca
1/4 de uma moranga (abóbora japonesa, aquela de casca escura)
2 tabletes de caldo de carne (ou 1, se você preferir usar caldo de legumes fresco)
200ml de vermouth ou vinho branco
100g de parmesão ralado fresco
1 colher de sopa de manteiga
1 punhado de salsinha picada
4 colheres de azeite extra-virgem
1 colher sopa de molho de pimenta/tabasco
Sal e pimenta do reino

dá pra 6 pessoas

Se você está nos primeiros passos com risoto, leia esta receita antes que explica em detalhes como caminhar. Se você sabe um pouco mais, vamos adiante:

Descasque a moranga e pique-a em cubinhos de 2cm. Cozinhe-a com 1l de água e 1 tablete de caldo de carne. Em outra panela, faça o seu caldo normal de risoto, seja com legumes, seja com outro tablete de caldo de carne. Em uma panela de pressão, cozinhe também a peça de carne seca, mas só com água mesmo. Meia hora depois, a moranga deve estar desmanchando, e a carne também. Bata a moranga no liquidificador, no mesmo caldo em que ela cozinhou, e reserve. Desfie a carne em pedaços pequenos e reserve também.

Hora de seguir o manual do risoto, dourando a cebola, salsão e alho, acrescentando o vinho para refogar o arroz e por aí vai. Vá colocando aos poucos o caldo de carne (sem abóbora) até que o arroz comece a ficar comestível, o que deve levar uns 10-15 minutos. Nessa hora, acrescente todo o caldo de abóbora que você bateu anteriormente. Acrescente também a carne desfiada. É aí que o seu risoto começa a virar um risoto de carne seca e abóbora. Essa hora certa de escolher acrescentar o caldo diferente é chave, porque você não quer fazer isso muito no começo, para não atrapalhar o cozimento do arroz, nem muito no final, senão a carne não passa sabor para o resto do risoto. Se necessário, depois disso, vá colocando mais caldo de carne, até chegar no ponto certo de desligar o fogo.

Risoto um pouco mais molenga que na hora de servir e arroz cozido? Ajuste sal e pimenta do reino, acrescente a pimenta tabasco à gosto, acrescente o parmesão, a manteiga, mexa um pouco e desligue o fogo. Deixe o seu risoto descansar do cozimento por cerca de 10 minutos, com a panela tampada. Quando você abri-la, surpresa! O seu risoto está perfeito: cremoso, sedoso, ditoso e venturoso.

Monte o prato com carinho, espalhando o risoto com aquele famoso tapa nas costas do prato. Salpique um pouco de salsinha, finalize com um fio de azeite e pode ir pro céu!

29 Comentários

  1. admin em agosto 22, 2013 diz:

    Maravilhoso muito bom… agora e aprender a fazer em casa…

    Responder
  2. admin em outubro 18, 2013 diz:

    Olá! Li a receita umas semanas atras e fiquei morrendo de vontade de testar! Adoro risoto, adoro moranga, adoro carne seca, acho que deu pra entender… Enfim, amanhã, finalmente vou ter a chance de experimentar, então voltei pra dar uma conferida nos ingredientes. Porém, nao entendi uma coisa: o segundo tablete de caldo de carne é usado quando? No cozimento do risoto? Obrigada, e parabéns pelo seu trabalho!

    Responder
    • admin em outubro 18, 2013 diz:

      Camila, usa os dois para fazer +- 1,5l de caldo de carne! Para essa quantidade de arroz é possível que 1 tablete (1 litro) não seja suficiente! bjs

      Responder
    • admin em dezembro 24, 2013 diz:

      1 litro de agua batido com o caldo mais a abobora é jogada de uma unica vez no arroz?

      Responder
      • admin em dezembro 24, 2013 diz:

        De uma vez só, mais pro final pra ter menos risco de queimar!

        Responder
  3. admin em fevereiro 10, 2014 diz:

    Adorei a receita e estou fazendo hoje, neste momento! Fiquei com uma dúvida sobre o caldo de abóbora que já está batido e separado. Esse caldo substitui a água? O arroz vai ser totalmente cozido nesse caldo ou ele é colocado depois do arroz ficar pronto?

    Obrigada!

    Responder
    • admin em fevereiro 10, 2014 diz:

      entra no lugar da última água, dhayana! abraços

      Responder
  4. admin em março 7, 2014 diz:

    Olá
    Dúvida… Bato um litro de agua com a abóbora e o caldo de carne e faço mais caldo só com água? Pq vc fala para substituir a primeira vez com o caldo de abóbora (o batido) e ai vai colocando este mesmo?? Fiquei confusa…
    abçs

    Responder
    • admin em março 8, 2014 diz:

      Isso aí, o resto do caldo é sem abóbora… só com legumes ou com outro tablete de caldo de carne! Reescrevi para ficar mais claro! ;-)

      Responder
  5. admin em março 8, 2014 diz:

    Agora entendi!
    Abcs!

    Responder
  6. admin em maio 8, 2015 diz:

    A carne seca não precisa ser preparada anteriormente? Como deixar de molho ou algo do tipo?..

    Responder
    • admin em maio 11, 2015 diz:

      Tem gente que deixa de molho por umas 2 horas em água fria antes. Eu nunca achei que fez diferença… mas se vc fizer o teste, me conta?

      Responder
  7. admin em maio 18, 2015 diz:

    o agua que foi cozida o carne seca deve ser utilizada no cozimento do arroz?

    Responder
    • admin em maio 18, 2015 diz:

      Lucilene, acho melhor não. Prefiro usar um caldo de legumes fresquinho, com cebola, cenoura e salsão :-)

      Responder
  8. admin em junho 4, 2015 diz:

    Fiz essa receita hoje, ficou divino!!!!! Só não usei o salsão e o molho de pimenta pq não tinha em casa…mas o resto segui a risca e ficou perfeito!!! Cai muito bem com um vinho branco de acompanhamento. Obrigada por compartilhar a receita. Abço

    Responder
  9. admin em julho 3, 2015 diz:

    Vou fazer amanhã para receber amigos. Porém, com minha própria carne de sol que fiz. Depois conto pra vocês.

    Bjos!

    Responder
    • admin em julho 4, 2015 diz:

      Eba!!! Depois conta como faz a carne de sol também?

      Responder
  10. admin em janeiro 8, 2017 diz:

    Olá, estou procurando uma receita e fiquei com água na boca depois que vi essa. Uma dúvida, qual a melhor carne seca? A vendida em açougues, ou aquela de mercado mesmo? Abraço

    Responder
    • admin em janeiro 9, 2017 diz:

      É sempre bom você verificar a procedência. Em açogues e mercados a qualidade varia mais, mas a chance de você ter um produto melhor é bem maior do que em grandes supermercados. Se a carne vier do norte de minas então, você está feita!

      Responder
  11. admin em março 26, 2017 diz:

    Olá!!
    Estou nesse momento preparando essa maravilha. Depois digo como ficou. Abraço a todos!!

    Responder
  12. admin em agosto 10, 2017 diz:

    Será que vai ficar bom se depois de cozinhar a abóbora e antes de bater no liquidificador reservar alguns pedaços inteiros de abóbora e colocá-los no risoto junto com o que foi batido no liquidificar?

    Responder
    • admin em agosto 10, 2017 diz:

      Só comendo pra ter certeza. Faz aí e conta pra gente?

      Responder
  13. admin em janeiro 20, 2018 diz:

    Quantos gramas da aproximadamente 1/4 de abóbora?? Já compro ela picada… Obrigada

    Responder
    • admin em janeiro 27, 2018 diz:

      Hmmm… Eu chutaria umas 200g descascada!

      Responder
  14. admin em junho 29, 2018 diz:

    Oi amores fiz a receita ontem e ficou deliciosa, recomendo??????

    Responder
  15. admin em novembro 16, 2018 diz:

    Ficou espetacular..aprovadissimo

    Responder

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Switch to desktop version