Brownie de doce de leite – ou seria blondie?

3 novembro, 2020 Sobremesas Tags:, , 0 Comentários

Tem doce que é doce, tem doce que é doce pra cacete, e tem o brownie de doce de leite, que está numa categoria própria em termos de açúcar por metro quadrado.

blondie brownie doce de leite

Brownie que na verdade é blondie, mas sem racismo por favor: é que rege a regra que só pode se chamar brownie o quitute que leva cacau. E se este brownie aqui só leva chocolate branco, que você já sabe que não leva cacau, então não me leve a mal: este nosso moreninho é loirinho.

Brownie ou blondie, a ideia é de um bolinho que não cresce, massudinho, molhadinho, que se pode comer quentinho ou friinho. Com um sorvetinho, então… É uma combinação de matar qualquer glicêmico.

100g Chocolate branco
100g Manteiga sem sal
70g Açúcar refinado
80g Açúcar mascavo
3 Ovos
80g Doce de leite (sugiro marca Viçosa)
110g Farinha de trigo
50g Nozes pecan trituradas
1 col. chá essência de baunilha

Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas, conforme a sua técnica pessoal. Junte a manteiga e continue derretendo. Junte o açúcar e mexa bem. Deixe esfriar, pelo menos até ficar morno, já que você não quer que os ovos cozinhem com o calor. Eu até transfiro a massa pra outra tigela, pra facilitar.

Dica: se sobrou um pouco de chocolate da barra que você comprou, quebre em pedaços e acrescente sobre a massa logo antes de ir ao forno. Você nem imagina o que vai acontecer.

Voltando à receita: acrescente os ovos já levemente batidos, e vá mexendo devagar, só pra incorporar. Não bata demais, porque a massa do brownie/blondie não pode ficar aerada. Acrescente também o doce de leite e misture até obter uma massa homogênea.

Para adicionar a farinha de trigo, super recomendo a ajuda de uma peneira, que evita aquelas bolotas de farinha e facilita misturar sem exagerar. Em seguida, vêm as nozes e a baunilha.

Use uma assadeira de +- 20x20cm, untada e polvilhada, depois forrada com papel manteiga, e depois mais manteiga e farinha de trigo untando e polvilhando por cima do papel manteiga. É isso mesmo minha senhora, eu não tou doido não! Queremos que esse blondie se desgrude maravilhosamente do papel. Não podemos correr riscos.

Leve ao forno a 160 graus por cerca de 30 minutos. Atente-se para colocar a assadeira bem no meio do forno, e que o forno distribua o calor igualmente, para seu blondie também assar por igual.

O ponto ideal aqui é a parte de cima começando a rachar, mas ainda úmida. Não leve os 30 minutos a ferro e fogo: espie com 25, e pode ser que levem até 40.

Retire, e aí começa a espera mais longa do mundo, que é a do seu blondie esfriar. Só que essa espera é absolutamente obrigatória, porque é nessa que ele chega no ponto. Uma vez frio, retire da assadeira e do papel manteiga. Eu gosto de “dar acabamento” nele, cortando as laterais, que já não ficam tão bonitas, e depois cortando em quadrados ou retângulos milimetricamente divididos.

Acabei de lembrar do gosto delicioso desse blondie e perdi a concentração pra terminar de escrever a receita. Boa sorte.

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Switch to desktop version