Frango com ora-pro-nobis

9 setembro, 2014 Carnes, Comida mineira Tags:, , , 4 Comentários

frango com ora pro nobis

Não é a primeira vez que faço ora-pro-nóbis, mas acho que nunca tinha me aventurado na comida mineira com tanto empenho. No almoço de meu aniversário, fiz uma imitação – barata, confesso – do feijão da minha avó e do angu com fubá de moinho d’água. E nada melhor que um franguinho para acompanhar. Me surpreendeu na receita a banha, que teve um efeito positivo no sabor e na balança. E já vou avisando que a folha do ora-pro-nóbis, apesar de espessa, tem um sabor delicado e suave. Agora, se você tá procurando comida com sabor de roça… pra mim não tem nada melhor até hoje que um franguinho desses!

1 frango caipira de +- 2kg, cortado
1 cebola grande
2 tomates maduros
2 dentes de alho
1 lata de tomate pelado
1 ramo de orégano fresco
3 folhas de louro
1/2 pimenta dedo-de-moça, picada sem sementes
40 folhas de ora-pro-nóbis (porque o tamanho do maço varia muito)
100g de banha de porco
2 colheres sopa de salsinha e cebolinha picadas
1 limão
1 colher sopa de vinagre
Sal

dá pra 4 comerem

Geralmente se compra o frango caipira inteiro. Então, se tiver a oportunidade, peça ao açogueiro para cortá-lo para você, que facilita bem as coisas. Deixe as partes de molho no suco do limão com vinagre e água gelada por cerca de meia hora, dizem que é para tirar as impurezas, eu não vou ficar desconfiando da minha avó porque isso não é legal.

Aqueça uma panela bem espaçosa com a banha, que na verdade vira gordura, e frite o seu frango por 5 minutos para deixá-lo bem douradinho. Retire, reserve e, na mesma gordura, doure a cebola, o alho, acrescente os tomates e a pimenta e deixe ferver por mais 5 minutos. Volte com o frango para lá, mexa tudo muito bem e acrescente a lata de tomate pelado, o orégano, o louro e mais 500ml de água bem quente. Tampe a panela e bota pra ferver!

Enquanto isso, você pode ir separando e lavando as suas folhas de ora-pro-nóbis. Há quem deixe de molho no limão também, teoricamente para tirar a baba, mas não foi o meu caso.

O frango caipira leva um tempinho a mais para cozinhar do que o frango normal. O meu levou 40 minutos, por exemplo, mas você vai saber que está pronto quando a carne começar a soltar do osso com facilidade, mas ainda sem desmanchar. Essa é a hora de acrescentar a salsinha e cebolinha, carinhosamente chamadas pelas vovós de “cheiro verde”, dar a mexida final e ajustar o sal. Depois, acrescente por cima as folhas de ora-pro-nóbis. Afunde-as com uma colher comprida, com cuidado. Se você mexer demais, essa folha solta uma baba que não fica legal. Então só afunde de levinho, e deixe a panela tampada descansando por uns 10 minutos antes de servir.

Para acompanhar, nada melhor que um angu com fubá de moinho d’água e um feijãozinho caipira. Eita nóis!

frango com ora pro nobis

4 Comentários

  1. admin em junho 12, 2015 diz:

    a

    Responder
  2. admin em junho 27, 2019 diz:

    Nunca comi, mas tem tudo pra ser bom, vamo tentar fazer aqui em casa. Vleu obrigado pela dica.

    Responder
  3. admin em janeiro 25, 2020 diz:

    Já comi em Tiradentes e adorei. Agora vou comprar sempre em uma feira orgânica aqui no Méier(RJ) E um alimento completo o Ora Pro Nobis.

    Responder

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Switch to desktop version