tag: Frango

Galinha com sálvia e laranja

30 maio, 2011 Carnes Tags:, , , , 4 Comentários

Inspirado em receita do Livro Jamie Oliver – O Chef sem mistérios

Muito bem, estou quase esgotando as receitas deste livro do Jamie, mas como não fazê-lo? Essa receita é bem especial para mim, já a havia preparado várias vezes, mas nenhuma blogável, então agora aqui está. Sálvia fresca é uma dádiva e está cada dia mais difícil encontrá-la em BH. Sério… quem tiver um pé aí me contata em PVT? Valeu…

1 galinha caipira (+-3kg)
8 laranjas bahia
1 talo de salsão
1 maço de tomilho
1 cabeça de alho
10 folhas de sálvia
1/2 garrafa de vinho branco seco frutado
4 colheres sopa de manteiga
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta-do-reino

dá para 6 pessoas

Lave bem a sua querida galinha, por dentro e por fora, e a seque com papel-toalha ou um pano. Fatie o salsão, misture ao tomilho (só as folhas), sal e pimenta e preencha a galinha com esse recheio. Descasque as laranjas, sem deixar nenhuma parte da casca, e corte em rodelas. Uma dessas laranjas também pode ir de recheio, xuxa ela lá. Costure o bumbum dela para não vazar, por que vamos deitar e rolar com ela. Esfregue sal e pimenta em toda a pele.

Aqueça uma panela bem grande com azeite e frite a galinha inteira – é isso mesmo, inteirona – por 5 minutos de cada lado. Acrescente os dentes de alho devidamente descascados, a manteiga e a sálvia, e cozinhe por mais alguns minutos. Depois, vá adicionando o vinho aos poucos, mantendo o fundo da panela molhado. Enquanto isso, faça uma cama de rodelas de laranja numa travessa que vai ao forno. Quando a galinha estiver bronzeada, retire do fogo, deite-a na cama de laranjas e leve ao forno médio por 45 minutos, conferindo a cada 15 minutos e regando com um pouquinho mais de vinho. Retire a galinha do forno quando o seu coração souber que ela está macia, molhadinha por dentro e pronta para o abate.

Depois é fazer o molho: raspe o fundo da panela, com a sálvia e os maravilhosos e disputadíssimos dentes de alho. Se você foi atencioso, o molho não queimou, e portanto não amargou. Ligue o fogo para amolecê-lo e pode também usar um pouco de vinho para ajudar a dissolver. Despeje esse molho maravilhoso por cima da galinha, na assadeira. Pronto, galinha de banho tomado, é hora de comer.

— UPDATE —

Fiz essa receita novamente, e é incrível. Desta vez, comi junto com Salada Grega e Purê de Baroa. Fotografei novamente, mas só pra fugir da rotina, coloquei a galinha de 4. Ficou parecendo até mais gostoso.

Buffalo Wings – receita de asa de frango picante

14 outubro, 2009 Comida americana Tags:, , , , , , , , , , 4 Comentários

Assim como eu na primeira vez, você deve estar se perguntando “búfalo tem asa?” ou algo do tipo. Explico: Buffalo Wings são cortes da asa do frango fritos à moda da cidade de Buffalo, nos EUA. O que explica serem fritos, e serem ultra-calóricos. A pimenta é essencial neste prato: faz parte do charme passar um pouco de calor.

Buffalo Wings

1kg de coxinha de asa de frango
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
200ml de leite
1/2 cebola, bem picadinha
1 dente de alho
1 colher sopa de salsinha, bem picadinha
4 colheres de sopa de maionese
suco de 1/2 limão
100g blue cheese (usei gorgonzola mesmo)
Sal e pimenta do reino
Alguns talos de salsão e cenouras
1/2 colher de café de pimenta cayenne
Molho de pimenta (Tabasco ou similar)
2 colheres sopa de manteiga
Óleo para fritar

Rende para 4 pessoas petiscarem

Misture o vinagre com o leite, bata um pouco e deixe que o leite azede. Adicione a cebola e alho bem picadinhos, a maionese, o queijo (esfarele-o bem, com a mão mesmo), o suco de limão. Cuidado ao adicionar a pimenta cayenne! Não a subestime. Ajuste o sal e pimenta, e vá ajustando a proporção de ingredientes até ter uma pasta com a consistência um pouquinho mais solta que maionese. Misture bem. Coloque na geladeira até o momento de servir.

Pique os talos de salsão como baquetas de bateria, e coloque de molho na água, para aliviar o ardido. Descasque a cenoura e pique em palitinhos como de batata frita. É muito importante picar salsão e cenoura da maneira correta, pois isso vai determinar a maneira de comer mais pra frente.

Esfregue um pouco de sal e pimenta nas asinhas, e umas gotas de limão, só para dar gosto. Aqueça uma boa quantidade de óleo numa panela funda. Mergulhe as asinhas completamente no óleo, e deixe que fritem até ficarem um dourado escuro. Lembrando que Buffalo Wings é fritura na veia, meu povo! Enquanto isso, derreta a manteiga numa frigideira, com uma quantidade à gosto de tabasco (recomendo 2 colheres de sopa para a receita inteira). Como eu disse, eu curto o calor da pimenta, mas tem gente que não, né?

Retire as coxinhas e role-as na frigideira de manteiga e tabasco por alguns minutos. Depois é só secar tudo bem, com papel toalha. Se você quiser, pode levá-las ao forno alguns minutos também, tem gente que diz que fica mais saudável. Para mim, se você entrou nessa de comida americana, querer saudável é paradoxal.

Como servir buffalo wings

Sirva o molho (também chamado de dip) com os petiscos em volta. Vá comendo um salsão e uma cenoura aqui e ali, se você é uma pessoa paradoxal. Ele pode ser a entrada de um prato mais pesado, como uma costeleta de porco ao molho barbecue. Fica a seu critério ser médio feliz, ou muito feliz.

Supremo de frango com queijo e geléia de amora

4 agosto, 2009 Carnes Tags:, , , , , 0 Comentários

Inspirado em receita do livro 500 anos de gastronomia em Terra Brasilis

supremo de frangosupremo de frango

Comi junto com purê de baroa na mini-moranga

Supremo de frango, ponto. Esse foi o pedido de aniversário da minha irmã. O manuseio do frango recheado exige alguma habilidade, então vai com calma. Você pode substituir o sabor da geléia se quiser, e também não precisa se preocupar em comprar uma tão cara. Apenas uma que não seja muito doce, para não ficar enjoativo. Mas também não vai naquela hipocrisia de comprar light! Esse prato é bem gordinho.

Por quê ele chama supremo, eu andei pensando mas não consegui entender. Se você souber, coloca aí nos comentários ;-)

4 peitos de frango inteiros
8 colheres sopa de queijo minas padrão
6 colheres sopa de geléia de amoras
2 colheres sopa de farinha de trigo
2 colheres sopa de farinha de rosca
2 ovos
100g de manteiga
Óleo para fritar
100ml de vinho tinto seco
Sal e pimenta do reino

dá para 4 porções

Com um martelo de carne, bata os peitos de frango, abrindo-os, até que fiquem bem fininhos. Tempere com sal e pimenta do reino. Pique o queijo em pedaços pequenos, ou rale grosso, e misture com 4 colheres da geléia. Divida esse recheio em 4, e distribua por cima dos peitos de frango, no centro. Depois, é fechar os peitos, dobrando-os ao meio e juntando as beiradas. Na verdade, eles não fecham perfeitamente. Mas com jeito, você vai levando.

Monte sua linha de produção: um prato com a farinha de trigo, outro com os ovos batidos, outro com a farinha de rosca, já perto da frigideira, que deve ser funda e larga. Aqueça a manteiga com 1 xícara de óleo nessa frigideira. Passe cada peito de frango recheado pela farinha de trigo, ovos e farinha de rosca, e vai para a frigideira. Faça isso com cuidado, mas sem demorar, porque colocando os 4 peitos para fritar ao mesmo tempo, fica mais fácil controlar.

Vire os peitos de frango quando necessário. Eles devem ficar bastante corados, para que o queijo derreta e a carne chegue ao ponto. Paralelamente, faça o molho: coloque o vinho para ferver, e acrescente o restante da geléia de amora. Deixe reduzir até metade do volume original, mexendo para não queimar óquêi?

Sirva o supremo de frango regado com o molho (que vai evitar que o peito fique seco). Um purê também cai bem, afinal, ser supremo merece súditos fiéis!

Frango Santa Fé

16 março, 2009 Carnes, Comida americana Tags:, , , , , , , , , 3 Comentários

receita de frango frito

Eu comi algo parecido num restaurante americano, e decidi inventar a minha versão. Não ficou tão bonito, porque a crosta de fora é meio complicada de fazer. Na verdade ele todo dá um trabalhozinho. Mas o gosto é bem bom sim.

500g de filezinhos de peito de frango (aqueles pequenos e compridinhos)
200g de bacon em um pedaço generoso ou já em tiras
300g de queijo prato
1 xícara de farinha de rosca
2 colheres de queijo parmesão ralado fresco
1 xícara de manteiga derretida
1 copo de leite
1 colher de sopa de cominho
Sal e pimenta do reino moída
Papel manteiga
Alguns palitos de dente

rende 6 porções

A primeira coisa é bater os filezinho com um martelo de carne, deixando-os fininhos e bons para enrolar. Tempere-os individualmente com sal e pimenta e reserve. Faça fatias longas do bacon, se ele já não veio assim, e também do queijo (um fatiador de queijo ajuda muito nessa hora). As fatias têm que ter uma largura compatível com a do seu frango. Agora, monte os rolinhos abertos com o frango por fora, uma fatia de queijo e uma de bacon. Enrole com carinho e prenda com um ou dois palitos de dente.

Misture o cominho, o parmesão ralado e a farinha de rosca, fazendo uma farinha. Derreta a manteiga, mergulhe cada rolinho nela, e depois role na farinha. Vá dispondo os rolinhos em uma assadeira forrada com papel manteiga. Quando terminar, coloque a assadeira na geladeira por 1 hora. A manteiga vai endurecer e formar a famosa crosta em volta do rolinho.

Após esse tempo, leve ao forno quente por cerca de meia hora, ou até que estejam bem cozidos.

Sirva com um milho cozido e manteiga, só pra tirar onda de americanizado. Recomendo uma boa mostarda para acompanhar.

Frango com ervas, aspargos e batatinhas

4 março, 2009 Carnes Tags:, , , , , 0 Comentários

sobrecoxa de frango com aspargos

Comi junto com Risoto de limão siciliano e menta

Cheguei à conclusão nada brilhante que a coxa com sobrecoxa é o corte mais saboroso do frango. A carne é tenra e suculenta. Você pode impregná-la de tempero e fazer o que quiser depois.

4 cortes de coxa com sobrecoxa de frango
1 kg de batatas pequenas
8 talos de aspargo

2 punhados de estragão
2 punhados de folhas de sálvia

200ml de vinho branco
5 colheres de vinagre balsâmico
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta do reino

rende 4 porções

Faça cortes no frango para entranhar o tempero. Esfregue sal e pimenta nos cortes, e vá enfiando a sálvia onde possível. Aqueça uma frigideira com azeite e coloque as coxas para dourar. Quando ficarem bem douradas, regue mais azeite e coloque numa travessa, com a pele virada baixo. Reserve a frigideira suja. Jogue o vinho branco por cima do frango, e também o estragão. Role as batatinhas na gordura da panela, e disponha-as em volta das coxas. Leve ao forno em temperatura média por mais ou menos 40min.

Depois de uns 20 minutos de forno, aqueça a frigideira com a gordura que ficou do frango, e doure os aspargos nela, até ficarem macios. Coloque os aspargos na travessa para aproveitarem os últimos minutos de forno (mas tem que ser pouco, senão eles murcham). Você pode deixar o frango ficar bem dourado, dificilmente vai ressecar.

Na hora de servir, é legal montar o prato distribuindo os aspargos para todos, porque senão pode dar briga! Regue um pouco de vinagre balsâmico por cima do frango. Delicioso.

Frango agridoce

26 janeiro, 2009 Carnes, Comida chinesa Tags:, , , , 2 Comentários

Essa receita de frango agridoce é para quem tem tara por legumes. Você pode mexer nas proporções da receita, se esse não for o seu caso, mas com cuidado: a combinação colorida é o charme do prato.

Frango agridoce chinês

500g de filé de peito de frango
3 colheres de óleo de soja
2 dentes de alho
1 pimentão verde, 1 vermelho e 1 amarelo
1 cenoura grande
2 talos de salsão
1 cebola grande
1 colher de farinha de milho
1 xícara de molho de soja (shoyu)
1/2 lata de abacaxi em calda
2 colheres de vinagre
1 colher de açúcar mascavo
1 colher de gengibre ralado
Sal e pimenta

Rende 4 porções

Escolha a sua melhor faca e saia picando tudo: pique o frango em cubos, coloque uma pitada de sal e pimenta, bem pouquinho mesmo, e jogue na panela já com o óleo quente. Enquanto ele doura, corte os pimentões e a cebola em quadrados, a cenoura “julienne” (corte inclinado), os talos de salsão em rodelas e o abacaxi como quiser. Fatie também o alho.

Acho que fica mais bonito se você cortar pedaços grandes, quase exagerados, que valorizem as muitas cores do prato. Pimentões coloridos podem sair bem mais caro, mas garanto que os seus olhos vão comer com mais prazer.

Quando o frango estiver começando a dourar, acrescente os vegetais e o alho. Jogue mais óleo se preciso, já que eles vão fritar por alguns minutos. Em uma bacia, dissolva a farinha de milho no shoyu. Quando os vegetais da panela estiverem macios, acrescente a mistura, e mais o gengibre, vinagre, açúcar mascavo e os pedaços de abacaxi, com um pouco do caldo.

Deixe cozinhar por alguns minutos, para que os temperos entrem na comida. O shoyu tem muito sódio, então não vai precisar ajustar o sal. É mais provável que você tenha que ajustar o açúcar, ou colocar mais shoyu se achar que está ficando muito seco.

Poderia rolar um arroz chinês para acompanhar, mas essa é uma outra receita…

Switch to desktop version