tag: Limão

Torta de limão

16 fevereiro, 2011 Sobremesas Tags:, , , , , 7 Comentários

Eternizada em inúmeros filmes por fantasia culinária de seus diretores, a torta de limão é um clássico de todos os tempos. Quem não se lembra de Frankie Dunn(Clint Eastwood), em Menina de Ouro, obcecado por encontrar alguém que lhe faça uma torta de limão caseira? Então… taí uma torta que não é difícil de fazer, mas que causa uma ótima impressão. É claro que se o seu jantar for um sucesso, não custa ir avisando aos poucos: “tem sobremesa… guarda um espacinho…”. Faça essa receita em dobro se quiser fazer uma torta alta em uma forma de 30cm de diâmetro (igual a da foto).

7 colheres sopa de farinha de trigo
2 colheres sopa de maizena
2 ovos
2 colheres sopa de margarina
8 colheres sopa de açúcar refinado
1 colher chá de sal
1 colher chá de fermento em pó
1 lata de leite condensado
Raspas e suco de 5 limões

rende 12 fatias

Comece pela massa: misture a farinha de trigo à maizena, as 2 gemas (devidamente separadas das claras), as duas colheres de margarina, uma colher de chá de sal, uma de chá de fermento e uma colher de sopa de açúcar. Misture com as mãos até dar liga, e forre o fundo e as laterais de uma forma de 15-20cm de diâmetro. Aperte bem a massa na forma, e tente deixá-la o mais uniforme possível em espessura. Fure toda a massa com um garfo e leve ao forno pré-aquecido em temperatura baixa por 10 minutos. Retire e deixe esfriar.

Enquanto isso, misture o leite condensado ao suco e raspas dos limões e despeje na forma, por cima da massa pré-assada, levando à geladeira. Se quiser, reserve um pouco das raspas para jogar por cima de tudo no final.

Enquanto isso, bata as claras em ponto de neve, com 7 colheres de açúcar refinado. Espalhe bem essa massa branca deliciosa e aveludada por cima da torta. Se quiser, use uma colherinha de café para fazer os picos, enfiando-a de leve nas claras em neve e retirando e girando ao mesmo tempo, num movimento prazeroso e delicado.

Leve a torta ao forno baixo novamente, por cerca de 10 minutos ou até o suspiro (a massa branca de cima) pegar um bronzeado legal. Depois, é só levar à geladeira por cerca de 6 horas e está pronto para desenformar!

Mousse de limão

14 maio, 2009 Muito fácil, Sobremesas Tags:, , , , , 11 Comentários

Uma das coisas mais fáceis do mundo. Para você que fica encarregado de levar a sobremesa, mas não consegue nem fazer um miojo, ou então para você que está dando um banquete lindo mas esqueceu de cuidar da sobremesa… essa é perfeita, vai?

1 lata de leite condensado
2 latas de creme de leite sem soro
4 limões
1 pacotinho de gelatina sem sabor (opcional)

Dá pra 12 pessoas comerem um pouco

Primeiro, o truque da vovó: coloque as latas de creme de leite no congelador por uns 10 minutos, para endurecer; depois, abra as latas e fure com uma colher, para escorrer o soro. É importante escorrer bem o soro para que a mousse não fique um caldo. Raspe a casca dos limões no lado mais fino de um ralador, e reserve. Junte o suco desses limões ao leite condensado e ao creme de leite, no liquidificador. Se quiser que a mousse fique de partir mesmo, junte também a gelatina sem sabor, diluída em água conforme manda a embalagem. Bata tudo por alguns minutos. Experimente. Está bom? Muito azeda? Muito doce? Dá pra saber que é de limão? É a hora de ajustar de acordo com a doçura dos seus convidados.

Terminados os ajustes, coloque a mistura numa travessa. Com cuidado, salpique as raspas de limão por cima, que vão dar um charme, mas também um gosto muito mais interessante para a sua mousse. Leve à geladeira por pelo menos 1 hora. Enquanto janta, avise seus convidados para “reservarem barriga” para uma sobremesa muito especial. Faz parte do show.

Alternativa: mousse de maracujá, com 300ml de suco de maracujá concentrado ao invés do suco de limão, e sementes de maracujá ao invés das raspas de limão.

Risoto de limão siciliano e menta

4 março, 2009 Acompanhamentos Tags:, , , , 4 Comentários

Fazer um risoto exige em torno de meia hora de uma deliciosa dedicação. Dizem que no Brasil o risoto virou arroz piemontês só porque a gente não fazia com o tipo de arroz certo. Existe uma receita básica, mais ou menos unânime, e aí você vai inventando os adicionais. Eu inventei esse risoto de limão siciliano e menta, mas aposto que já existia antes. Prefira não usar a) parmesão que não seja fresco, b) outro tipo de arroz, c) óleo ao invés de azeite. Acredite, faz um mundo de diferença.

Risoto de limão siciliano e menta

1 cebola bem picada e outra inteira
1 cenoura
1 talo de salsão, picado
2 dentes de alho, picados
500g de arroz arbóreo ou carnaroli
2 limões sicilianos
1 punhado de folhas de menta + raminhos para decorar
500ml de vermouth ou vinho branco
100g de parmesão ralado fresco
1 colher de sopa bem cheia de manteiga
4 colheres de azeite extra-virgem
Sal e pimenta do reino

dá pros 6 comerem

Coloque para ferver 1 litro de água com a cebola cortada em 4, um talo de salsão, a cenoura, as folhas de menta e a casca de um dos limões. Mantenha essa água no fogo brando, pois você vai precisar dela quente.

Aqueça o azeite na panela, e frite a cebola até que fique transparente. Adicione o salsão, doure mais um pouco e em seguida adicione o alho. Adicione o arroz, e a partir de agora tem que prestar atenção. Vá mexendo frequentemente, até que o arroz frite um bocado. Adicione mais azeite, se necessário.

Adicione o vermouth ou vinho. Sinta como ele vai soltar um aroma delicioso. Deixe secar, e a partir de agora cumpra o ritual do risoto: cubra o arroz com água do caldo, mexendo sempre para não grudar. Deixe reduzir, e cubra de novo. E vai assim, até o arroz ficar quase cozido, ainda bem firme. Ajuste o sal.

Desligue o fogo. Junte o suco e as raspas bem fininhas do outro limão. Coloque a manteiga, e mexa bem, até que ela derreta. Depois, o parmesão ralado, e mexa bem de novo. Eu costumo colocar um pouco mais de água, também, porque durante o descanso, ela vai secar, e fazer com que o risoto chegue ao ponto perfeito, cremoso, sedoso. Se for servir na panela, fica legal jogar parmesão por cima no final, para dar uma crostinha de queijo. Deixe descansar por uns 10 minutos antes de servir. Vai estar muito quente.

Eu também aprendi que é melhor manter o risoto de limão siciliano mais molhado quando sai do fogo, para que ele não seque enquanto estiver na mesa. E um doloroso conselho: não deixe sobrar para o dia seguinte. Continua gostoso, mas não é tudo aquilo.

Comi junto com Frango com ervas, aspargos e batatinhas

Se sobrar risoto de limão siciliano, o que fazer?

Acrescente mais uma concha do caldo de legumes ao que tiver sobrado do risoto, misture bem e congele. Quando for a hora de descongelar, coloque no microondas em temperatura baixa, utilizando uma tampa específica de microondas, para manter o seu risoto molhadinho. Não fica a mesma coisa, mas é bem melhor que não comer, né?

Switch to desktop version