tag: Peixe

Tilápia à Belle Meunière

24 outubro, 2011 Peixes Tags:, , , , , , 3 Comentários

foto de tilápia à belle meuniere

Comi no Benvindo, em Belo Horizonte, porque era a sugestão do dia, e achei ótima pedida. Tive que replicar aqui. Esses pratos com nomes próprios são sempre um mistério: Chateaubriand, Gomes de Sá e hoje Belle Meunière, que teria alguma coisa a ver com a mulher do cara do moinho ou sei lá. O importante é que o prato é Belle.

2 filés de tilápia de boa qualidade, de +- 200g cada
4 batatas médias
1/2 xícara de farinha de trigo
4 colheres sopa de manteiga
4 dentes de alho, picados
1 punhado de tomates-uva, picados ao meio
1/2 cebola picadinha
suco de 1/2 limão siciliano
1 punhado de amêndoas sem pele
1 punhado de alcaparras
1 punhado de salsinha picada
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta-do-reino

dá para 2 pessoas

Cozinhe as batatas com casca, na água com muito sal. Descasque-as ainda quentes e reserve. Tempere o peixe com sal e pimenta-do-reino, passe na farinha de trigo e coloque-os numa frigideira já com manteiga e um pouquinho de azeite (se quiser usar manteiga clarificada, melhor ainda). Eles deverão dourar por uns 3-5 minutos de cada lado. Enquanto isso, faça o molho:

Aqueça a outra metade da manteiga, doure a cebola e o alho bem picadinhos. Acrescente as amêndoas, alcaparras e deixe que os sabores se misturem por alguns minutos. Acrescente sal e pimenta-do-reino, suco de limão, salsinha e os tomates-uva picados ao meio, e desligue o fogo.

Enquanto isso, seus filés de tilápia devem estar prontos. Retire-os da frigideira e passe as batatas pela manteiga (essa é pra gordinho!). Monte o prato com a tilápia coberta pelo molho e rodeada pelas batatas, finalizando com mais pimenta-do-reino e uma boa dose de azeite. Très Belle, mon chérie!

Peixe frito com molho de mexerica

1 agosto, 2011 Peixes, Petiscos Tags:, , , , , 2 Comentários

Peixe frito é sempre um excelente petisco. Há três coisas que importam: o peixe que você escolhe, a maneira como você frita e o molho com que você o acompanha. Ou seja, peixes de carne firme e saborosa para o primeiro quesito, uma massa bem-feitinha no segundo e criatividade no terceiro. Aqui está a minha tentativa, baseada em muita coisa que já vi e já comi, em especial o bar Peixe Frito (verdadeiros especialistas), a massa com cerveja de tradicionais receitas de Fish & Chips e a brilhante sugestão de molho do @macomendonca.

4 filés de tilápia, surubim ou outro peixe à sua escolha
1 lata de cerveja pilsen
2 xícaras de farinha de trigo
1 litro de óleo de girassol, para fritar
4 mexericas bem maduras
4 colheres de sopa de mel
1 dedo de gengibre
2 colheres sopa de molho shoyu
Sal e pimenta-do-reino
Limão, para acompanhar
Cerveja, para acompanhar

rende 4 porções

Primeiro, resolva o seu molho. Bata as mexericas num liquidificador e coe. Você vai precisar de uns 300ml de suco. Pegue uma panela pequena e junte o suco ao gengibre devidamente descascado e fatiado bem fininho, o mel e o shoyu, e leve ao fogo brando para reduzir pela metade. É importante ir experimentando e ajustando a seu gosto. Alguns gostam mais de mel e outros de fazer careta na hora de comer. Quando estiver a seu gosto, desligue o fogo e reserve.

Corte os filés de peixe em cubos ou tiras de tamanhos que caibam na boca. Use sal e pimenta-do-reino para temperá-los. Em um prato fundo, misture a cerveja à farinha de trigo e uma pitada de sal. Isso deve render uma massa molenga, mas que dê liga, que é importante para empanar corretamente o peixe.

Uma questão chave na hora de fritar o peixe: as condições de fritura. Você precisa de uma panela larga e se possível funda; de óleo abundante e muito quente e de cuidado, porque o óleo quente é um perigo. Passe cada pedaço de peixe pela massa com carinho, envolvendo-o completamente, e coloque na gordura muito quente. A cerveja é o que dá uma crocância especial à massa, numa reação química que eu não sei explicar. O peixe em si deve ficar molhadinho e cozido. Deixe fritar por 5 minutos ou até dourar. Retire, escorra a gordura e disponha o peixe num papel-toalha para secar antes de levar à mesa. E vá fritando em sequência, na mesma gordura. Há quem diga que os últimos são os mais saborosos.

Ceviche de tilápia

5 julho, 2010 Entradas, Peixes, Petiscos, Receitas Saudáveis Tags:, , , , 5 Comentários

ceviche de peixe

Desde que a Flavinha do Cozinha Fácil falou sobre ceviche eu fiquei com vontade de fazer. Peruano, equatoriano ou o que for, eu também comi o do Cantina Piacenza, aqui em BH, e foi o que me deu coragem de tentar. Depois ainda me aparece uma receita do Verdemar em Revista e outra do Olivier Anquier, caindo no meu colo, assim sem mais nem menos. Aí me aventurei. É uma excelente entrada, leve, razoavelmente exótica… e bem refrescante.

1 filé de tilápia fresco
1 limão
1 pepino
gergelim preto
1 ramo de alecrim
1/2 cebola roxa
2 colheres sopa de vinagre de framboesa (opcional)

dá pra 2 pessoas
Deixe para fazer tudo bem em cima da hora. Corte o filé em cubos de +-2cm, e aqui vai a dica: vá molhando a faca em água fria, para facilitar o corte (know-how japonês, né?). Corte o pepino o mais fino que puder, se possível com um mandolim, e a cebola roxa também. Junte tudo e mais o alecrim numa vasilha, cubra com o suco de limão, feche com filme pvc e deixe marinar na geladeira por 10 minutos. O limão vai dar uma cozinhada bem de leve no peixe. Ao que me consta, não devemos colocar sal e pimenta. A Flavinha sugere um vinagre de framboesa junto com o suco de limão, de fato fica show. Finalize com gergelim preto e, por mim, está pronto para comer, cabrón! Use hashis (palitos de madeira japoneses) se puder.
Switch to desktop version