tag: Torta

Tarte de maçã

20 junho, 2011 Sobremesas Tags:, , , , , , 7 Comentários

Tarte nada mais é que uma torta aberta, ou, neste caso, “virada” com o recheio de barriga para cima. O que pode ao mesmo tempo estragar as preliminares de se imaginar o que a massa da torta esconde, e ao mesmo tempo pode maravilhar os mais gulosos, com uma espécie de decote culinário. Pode-se dizer, portanto, que comer um tarte é entrar por debaixo da saia de uma torta.

4 maçãs fuji ou gala
1 xícara de farinha de trigo
1 colher sopa de manteiga sem sal
1 xícara de açúcar mascavo
1 ovo
1 colher de café de fermento em pó
suco de 1 limão
4 paus de canela

dá pra 12 comerem

Primeiro, a massa. Despeje a farinha de trigo numa bancada, faça um buraco no meio, adicione o ovo, o fermento e a manteiga e vá misturando, primeiro com um garfo, depois com as mãos, até obter uma massa uniforme. Enrole-a num filme de pvc e deixe descansar na geladeira por 30 minutos.

Descasque e corte as maçãs em fatias de meia-lua finas (conforme a foto), pingue um pouco de suco de limão para não escurecê-las e para dar aquele toque especial. Escolha sua assadeira redonda favorita, unte-a bem e forre-a com açúcar mascavo, generosamente. Disponha as fatias de maçã por cima, entremeadas com os paus de canela. Imagine, aqui, que você está começando o seu tarte pela parte de cima, então se quiser fazer algo bonito, a hora é agora.

Depois de dispor toda a maçã, abra a massa, com um rolo se possível, e cubra totalmente o tarte, tomando o cuidado de eliminar o ar, deixando seu preparado bem juntinho. Leve ao forno a 200º por 20 minutos, e se necessário mais uns 10 até que a massa esteja bem assada.

Chegado o gran finale, é colocar um prato por cima da assadeira e virar, com agilidade, o seu tarte de cabeça para baixo (ou, no caso, de cabeça para cima). É arriscado e divertido, assim como muitas outras coisas na vida. Se tudo der certo, o seu tarte vai ficar um pouco mais bonito do que esse aí da foto que tirei do meu.

Sirva de sobremesa, ou com um bom cappuccino, que também vai bem.

Torta de limão

16 fevereiro, 2011 Sobremesas Tags:, , , , , 7 Comentários

Eternizada em inúmeros filmes por fantasia culinária de seus diretores, a torta de limão é um clássico de todos os tempos. Quem não se lembra de Frankie Dunn(Clint Eastwood), em Menina de Ouro, obcecado por encontrar alguém que lhe faça uma torta de limão caseira? Então… taí uma torta que não é difícil de fazer, mas que causa uma ótima impressão. É claro que se o seu jantar for um sucesso, não custa ir avisando aos poucos: “tem sobremesa… guarda um espacinho…”. Faça essa receita em dobro se quiser fazer uma torta alta em uma forma de 30cm de diâmetro (igual a da foto).

7 colheres sopa de farinha de trigo
2 colheres sopa de maizena
2 ovos
2 colheres sopa de margarina
8 colheres sopa de açúcar refinado
1 colher chá de sal
1 colher chá de fermento em pó
1 lata de leite condensado
Raspas e suco de 5 limões

rende 12 fatias

Comece pela massa: misture a farinha de trigo à maizena, as 2 gemas (devidamente separadas das claras), as duas colheres de margarina, uma colher de chá de sal, uma de chá de fermento e uma colher de sopa de açúcar. Misture com as mãos até dar liga, e forre o fundo e as laterais de uma forma de 15-20cm de diâmetro. Aperte bem a massa na forma, e tente deixá-la o mais uniforme possível em espessura. Fure toda a massa com um garfo e leve ao forno pré-aquecido em temperatura baixa por 10 minutos. Retire e deixe esfriar.

Enquanto isso, misture o leite condensado ao suco e raspas dos limões e despeje na forma, por cima da massa pré-assada, levando à geladeira. Se quiser, reserve um pouco das raspas para jogar por cima de tudo no final.

Enquanto isso, bata as claras em ponto de neve, com 7 colheres de açúcar refinado. Espalhe bem essa massa branca deliciosa e aveludada por cima da torta. Se quiser, use uma colherinha de café para fazer os picos, enfiando-a de leve nas claras em neve e retirando e girando ao mesmo tempo, num movimento prazeroso e delicado.

Leve a torta ao forno baixo novamente, por cerca de 10 minutos ou até o suspiro (a massa branca de cima) pegar um bronzeado legal. Depois, é só levar à geladeira por cerca de 6 horas e está pronto para desenformar!

Torta de bis

10 dezembro, 2009 Sobremesas Tags:, , , 16 Comentários

Aqui em casa vivem comprando caixas e caixas de bis para colocar numa vasilha de vidro e oferecer às visitas. Decidi roubar uma caixa e fazer uma surpresinha: Torta de bis. É verdade que ficou super doce, mesmo eu colocando pouco açúcar. Mas pra falar a verdade, foi bom ficar enjoativo, porque durou mais. É legal usar uma forma redonda de 25-30cm. Ela vai ficar bem baixinha, mas, se ficasse uma torta alta, a fatia seria grande demais para qualquer formiguinha doceira. A minha montagem da torta não ficou boa, nem a foto, mas garanto que não sobrou.

torta de bis

2 caixas de chocolate bis tradicional bem picada
2 colheres sopa de manteiga
1 lata de leite condensado
2 latas de leite integral (use a lata do leite condensado para medir)
2 colheres sopa de maizena
1 gema de ovo
200g de chocolate meio amargo
1 lata de creme de leite
2 claras em neve

rende 8 fatias para uma forma de 25cm

Num processador, transforme 25 dos seus 40 BIS disponíveis em uma farofa (pode usar um pilão ou liquidificador se for o caso). Adicione uma colher de manteiga derretida, 1 colher de água e misture bem. Use essa massa para forrar a sua forma (previamente untada, claro).

Para o creme, leve o leite ao fogo, misturando aos poucos a maizena, com cuidado para não empelotar. Acrescente o leite condensado, a gema e mais uma colher de manteiga, mexendo sempre. Quando começar a engrossar, desligue o fogo, e deixe esfriar um pouco. Despeje tudo sobre a massa da forma, e leve à geladeira enquanto faz o resto.

Quebre o chocolate e leve-o ao banho-maria. Bata as duas claras em neve, até ficarem firmes. Acrescente o creme de leite ao chocolate, misture bem, e junte as claras em neve em seguida, mexendo com delicadeza, pois você quer uma mousse, então preserve o ar formado com a clara.

Agora é colocar a mousse por cima do creme branco, que já deve ter esfriado e ficado um pouco mais firme, e cortar os 15 BIS restantes da maneira como você quiser, deixando-os fincados na mousse por cima, ou como a sua criatividade mandar. Leve a torta de bis à geladeira, e espere pelas 4 horas mais longas da sua vida.

Inovando na apresentação da torta de bis

Dá pra inventar um pouco mais de moda e dobrar a receita, e quadruplicar os bis dessa torta. Daí, você coloca esses bis em volta da forma – no meu caso eu acabei cortando eles no meio porque não tinha bis suficiente, mas você certamente vai se planejar melhor que eu, né? Dá uma olhada na maravilha que fica:

torta de bis montada

Inspirado em receita do site do Mais Você
Switch to desktop version